7 dicas que todo estagiário de arquitetura deve saber

Todo estudante de arquitetura sonha em ser um arquiteto renomado, famoso e rico, lógico!

“Vou estudar, fazer um estágio, abrir meu próprio escritório e … voilà!!”

É, parece simples! Mas no mundo real não é assim que funciona e você terá que ralar para chegar lá!

Mas calma!! Nem tudo está perdido! Vamos listar algumas dicas que podem acelerar a sua trajetória de sucesso:

 

cálculo arquitetura

1 – Não preciso dominar cálculo, sou de humanas!

Ok! Até concordo que, dependendo a sua área de atuação, você não irá calcular estruturas mirabolantes, mas a matemática sempre estará presente na sua vida!

Saber quais são os custos envolvidos no projeto é essencial, tendo você seu próprio escritório ou trabalhando em uma empresa.

E não!! Você não terá orçamento ilimitado!!

Não adianta seu projeto ser o mais criativo do mundo se ele não couber no orçamento do seu cliente.

Por isso, comece para ontem a ter noções de custos, aprender a calcular um orçamento e a dominar muito bem o excel.

 

vendas

2 – Aprenda técnicas de negociação e de venda!

Isso pode soar como uma heresia para muitos arquitetos, mas não é.

Sempre estamos vendendo algo e sempre venderemos!

A apresentação de uma ideia ou de um projeto nada mais é do que um processo de venda. É argumentação + convencimento.

Repare na quantidade de trabalhos apresentados na faculdade! O que você está fazendo é tentando vender convencer seus colegas e professores do seu ótimo trabalho e assim ser pontuado com uma nota.

Isso irá acontecer não só na faculdade, mas durante toda na sua vida.

Aprender a vender ideias, conceitos e até mesmo a se vender é fundamental para o sucesso!

 

escalímetro arquitetura

3 – Arquitetura x Engenharia

O arquiteto projeta e engenheiro executa!

Ahamm! Vai nessa… No inicío você terá que ser um canivete suiço! Projetar, executar, acompanhar e tudo mais!

Quem tem uma ampla visão da engenharia consegue propor soluções projetuais mais elaboradas ou mesmo discutir com o engenheiro soluções que não afetem a concepção do projeto.

Os melhores projetos são aqueles integram a arquitetura e a engenharia.

Outro ponto importante é o conhecimento técnico dos projetos complementares (hidrossanitário, elétrico, estrutural, etc …).

Seu cliente não quer saber se quem esqueceu de projetar o dreno do ar-condicionado foi o engenheiro! Você é o arquiteto, então a culpa é sua.

Por isso, dê mais atenção as aulas de engenharia. Elas irão te diferenciar se você souber usar esses conhecimentos.

 

pessoas

4 – Aprenda a lidar com pessoas

Essa é fácil! Tenho muitos amigos no facebook e todos gostam de mim na Facul!

Espera até você chegar na empresa para ver se essa teoria funciona.

Há conflitos em todo local de trabalho, sejam pessoais ou profissionais. E alguns dias serão um inferno.

Saber lidar com situações de crises, com sentimentos próprios e dos colegas, expressar-se da forma correta na hora certa são pontos importantíssimos para o seu crescimento.

Aqui começamos a separar os homens(ou mulheres) dos meninos (ou meninas).

[magicactionbox]

 

relógio

5 – Trabalhe sob pressão!

Não consigo ser criativo trabalhando sob pressão. Então comece a treinar!

Se você acha que seus professores cobram muito de você, espere até ter um cliente ou chefe!

Os projetos são todos para ontem e prazos cada vez mais apertados.

Mesmo em um momento de discussão, domine as emoções e os anseios e aprenda a concentrar-se no trabalho! Isso o ajudará, e muito, no momento que estiver pressionado.

 

aparência no trabalho

6 – Observe a sua postura profissional e o ambiente de trabalho!

Por mais descontraído que seja o ambiente de trabalho, existem regras.

Observe o seu ambiente de trabalho e veja como as pessoas se comportam. Algumas empresas aceitam que você trabalhe de bermuda, chinelo e camiseta. Mas elas são pouquíssimas!

Se o seu objetivo é fazer carreira na empresa, abra o olho!

Preste atenção na sua comunicação, tanto escrita quanto falada, na postura com colegas, no trabalho em equipe, eficiência, disponibilidade para o trabalho …

Usar jargões técnicos é uma coisa, agora falar “Pô véio!” não rola!

Outra dica é: intere-se do negócio. Por exemplo: Se for um escritório de projetos de arquitetura residencial, pergunte sobre demanda de mercado, captação de clientes, custos, etc…

Seu interesse certamente chamará a atenção!

 

desenho arquitetura

7 –  Aprenda desenho técnico e use as ferramentas com eficiência!

90% do tempo dos estagiários é desenhando.

Quais os programas preciso dominar para arquitetura? AutoCAD, Sketchup, Revit, 3dmax, Vray, Photoshop, CorelDraw?

Todos esses e mais alguns!!! HÃ???

Mas vamos devagar! Primeiro domine o desenho técnico. Isso é básico! A ferramenta apenas agiliza o seu trabalho, ela não desenha por você!

Para a arquitetura é fundamental saber desenhar  planta baixa, cortes, fachadas, detalhes, planta de implantação, de situação, cotas, quadro de áreas, etc…

Sugiro que comece primeiro com o AutoCAD e o  Sketchup, porque ainda são os mais utilizados na maioria dos escritórios e empresas e são fáceis de serem aprendidos.

Também aprenda a usar atalhos, configurações e templates para ganhar tempo no seu trabalho.

É como um carro. Você não precisa saber todas as peças do automóvel para aprender a dirigir, mas as essenciais você deve dominar!

 

Muito bem!! Se você já pratica alguma dessas dicas está no caminho certo!

Aplique essas dicas e seu sucesso já estará a caminho!

Gostou das dicas? Então deixe um comentário e curta a nossa página do Facebook!

Um abraço!

  • Eduardo Oss

    Dicas fantásticas!